Consequências do alcoolismo a longo prazo

Consequências do alcoolismo a longo prazo

O consumo de álcool não se revela apenas a curto prazo, é muito mais do que uma simples ressaca no dia seguinte. A longo prazo, o álcool vai danificando as paredes do corpo e causando danos irreversíveis, que na maior parte dos casos são fatais. São cada vez mais as mortes provocadas pelos excessos de álcool durante toda a vida e que com o avançar da idade começam a fazer-se sentir através de doenças fatais como consequências do alcoolismo a longo prazo.

Mais do que problemas físicos, surgem problemas psicológicos que muitas vezes causam a morte indirectamente. O consumo crónico que álcool leva à falência da actividade cerebral. Mais especificamente, o álcool faz com que o cérebro se encolha, leva à demência, à dependência física e aumento de doenças neuropsiquiátricas e cognitivas. Pode ainda notar-se alguma incapacidade de recuperação de informação verbal e não verbal. O consumo excessivo de álcool fará parar a produção de novas células no cérebro.

Um dos efeitos mais reconhecidos dentro dos efeitos nocivos do álcool é o síndrome de Wernicke-Korsakoff, uma condição onde existe falta de tiamina no corpo. As pessoas que sofrem deste síndroma é  frequente terem alucinações e delírios.

Problemas cardiovasculares provocados pelo alcoolismo

Um dos efeitos mais perigosos que podem surgir com o consumo de álcool é a probabilidade de sofrer um derrame. Para além disso, o consumo excessivo pode levar a uma condição conhecida como cardiomiopatia alcoólica, ou seja, há uma hipertrofia dos músculos do coração, o que faz com que se dêem arritmias cardíacas ou taquicardia ventricular. A respeito da pressão arterial, um dos efeito é o aumento da pressão sanguínea.

Problemas no sistema digestivo provocados pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas

O consumo de álcool aumenta o risco de gastrite crónica. Para além disso, há a forte probabilidade de desenvolver cirrose hepática, hepatite e pancreatite. O fígado é dos órgãos do corpo que mais sofre com o consumo de álcool e também um dos primeiros a emitir sinais de doença. Um dos efeitos do álcool no fígado é o desenvolvimento de fígado gordo e hepatite alcoólica. Em alguns casos mais graves, é mesmo necessário recorrer-se ao transplante.

O álcool afecta todo o corpo, apesar de interferir mais com os sistemas já falados. No entanto, podem surgir doenças pulmonares, por exemplo. O consumo de álcool a longo prazo causa impotência e infertilidade  para além da perda do apetite sexual. Nas mulheres, o consumo de álcool pode ajudar a desenvolver problemas como cancro da mama, ou outros tumores. O aparecimento de osteoporose também pode estar relacionada com o elevado consumo de álcool. Doenças de pele como urticaria ou até cancro da pele podem também ser um sintoma da dependência alcoólica.

Portanto, resumindo, o álcool assume variadas formas de se representar, tanto a nível físico como psicológico. Para além dos problema causados directamente, há ainda um largo conjunto de efeitos provocados indiretamenta pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Efeitos indiretos a longo prazo causados pelo consumo excessivo de álcool

  • Acidentes de carro, quedas, queimaduras e afogamento
  • Lesões por armas de fogo, agressões sexuais e violência doméstica
  • Aumento dos problemas no trabalho e perda de produtividade
  • Aumento dos problemas familiares, e relações destruídas
  • Envenenamento por álcool
  • Deficiência de Vitamina B a qual pode levar a uma desordem caracterizada por amnésia, apatia e desorientação
  • Úlceras
  • Má nutrição

As consequências do alcoolismo a longo prazo podem ser devastadoras, mas existe sempre esperança para todos aqueles que desejam mudar o rumo da sua vida e abraçar uma vida saudável sem o álcool ou qualquer outra droga que provoque dependência. Para essas pessoas existem diversas alternativas como forma de tratamento para o alcoolismo, seja através de uma clínica ou de uma comunidade terapêutica, mas o ideal é sempre prevenir o alcoolismo para evitar a dependência, a vida é demasiado preciosa. Viva e aprecie o milagre que é a vida.

Veja também:

Problemas psiquiátricos provocados pelo alcoolismo

2 respostas para “Consequências do alcoolismo a longo prazo”

  1. ricardo diz:

    Por favor,gostaria de saber quais os danos causados na pele por ingestão em excesso de bebida alcoólica.
    Grata

  2. Francisco Torquato Silva diz:

    muito bom,a vida é melhor sem álcool.

Deixe uma resposta